Home»Cotidiano»É tetra! Palmeiras vence o Grêmio e conquista a Copa do Brasil

É tetra! Palmeiras vence o Grêmio e conquista a Copa do Brasil

0
Shares
Pinterest Google+

Letal na segunda etapa, Wesley e Gabriel Menino anotaram os gols do Verdão, que venceu com tranquilidade o Grêmio por 2 a 0 e sagrou-se campeão no Allianz Parque

Com essa conquista, o Verdão chega ao tetracampeonato na Copa do Brasil, ultrapassando Corinthians e Flamengo e se tornando o 3º maior campeão da copa nacional, atrás de Grêmio e Cruzeiro. Foto: Cesar Greco/SEP

O Palmeiras é campeão da Copa do Brasil e termina a temporada 2020 com três títulos. A comemoração da taça veio após o Verdão vencer o Grêmio por 2 a 0 no jogo de volta, no Allianz Parque. Wesley fez o primeiro, e Gabriel Menino deu números finais ao duelo.

Com essa conquista, o Verdão chega ao tetracampeonato na Copa do Brasil, ultrapassando Corinthians e Flamengo e se tornando o 3º maior campeão da copa nacional, atrás de Grêmio e Cruzeiro.

COMEÇO ELÉTRICO
O Grêmio iniciou com muita velocidade e, em menos de dois minutos, chegou com perigo. Vanderson cruzou rasteiro pela direita para Pepê. O camisa 25 se esticou, mas não alcançou a bola. Minutos depois, Alisson arriscou de fora da área, mas o chute foi para fora.

O Palmeiras respondeu com Rony. O camisa 11 foi lançado e avançou com liberdade. No momento da finalização, Paulo Miranda apareceu com um bloqueio essencial, aliviando o perigo.

VERDÃO MARCA, MAS BANDEIRA ANOTA IMPEDIMENTO
Em boa jogada trabalhada, Felipe Melo deu ótimo lançamento para Rony na esquerda. Ele cortou o zagueiro e rolou para Raphael Veiga. De primeira, o meia chutou e marcou, mas o bandeira flagrou impedimento do camisa 11 e o lance foi anulado.

Apesar do susto, o Imortal voltou a chegar com perigo. Aos 22 da etapa inicial, os visitantes organizaram boa tabela. Diego Souza fez o pivô para Maicon, que foi travado no momento do chute.

Ainda sobrou tempo para a equipe da casa ameaçar Paulo Victor com chutes de fora da área de Zé Rafael e Wesley, mas o primeiro tempo terminou sem gols.

LETAL, PALMEIRAS ABRE O PLACAR
Na volta do intervalo, o Grêmio ia ao ataque com mais jogadores, enquanto o Palmeiras diminuía o ritmo. Sem nenhuma alteração, Renato Gaúcho viu sua equipe ficar em desvantagem com 7 minutos da segunda etapa.

Raphael Veiga aproveitou a transição defensiva lenta dos visitantes, se livrou da marcação no meio-campo e avançou. Ele rolou para Wesley na esquerda. O garoto ajeitou e finalizou de pé esquerdo. Paulo Victor resvalou na bola, mas não impediu que ela entrasse.

TRICOLOR GAÚCHO TENTA, MAS MENINO PUNE E SELA O TÍTULO
Após sofrer o gol, Renato fez alterações drásticas em sua equipe, tirando Kanneman e colocando mais jogadores de ataque, como Jean Pyerre, Churín e Ferreira.

No outro lado, Abel Ferreira aumentou a marcação no meio-campo, colocando Mayke e Patrick de Paula, e Gabriel Menino.

Precisando de dois gols, o Grêmio não conseguia criar e ficava longe da meta de Weverton. Por outro lado, Paulo Victor não segurava e cometeu outra falha.

Em novo contra-ataque rápido, Gabriel Menino recebeu na esquerda, driblou o marcador e chutou entre as pernas do goleiro. O Palmeiras sacramentou o placar e terminou a Copa do Brasil com o título e sem conhecer o sabor da derrota na competição.

Felipe melo, capitão da equipe, ergue a taça. Foto: Cesar Greco/SEP

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 x 0 GRÊMIO – FINAL COPA DO BRASIL

Data: 07 de Março de 2021
Horário: 18h (horário de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo-RJ
Assistentes: Kléber Lúcio Gil-SC e Bruno Raphael Pires-GO
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira-MG, Gilberto Rodrigues Castro Junior-PE e Leone Carvalho Rocha-GO

Cartões amarelos: Zé Rafael, Mayke, Esteves e Marcos Rocha (Palmeiras); Paulo Miranda, Kanneman (Grêmio)
Cartão vermelho:

GOLS: 1-0 Wesley (7’/2T); 2-0 Gabriel Menino (39’/2T)

PALMEIRAS
​Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Alan Empereur e Matías Viña; Felipe Melo, Zé Rafael (Patrick de Paula, 17’/2T) e Raphael Veiga (Mayke, 29’/2T); Wesley (Gabriel Menino, 29’/2T), Rony e Luiz Adriano (Willian, 29’/2T). Técnico: Abel Ferreira

GRÊMIO
​Paulo Victor; Vanderson (Victor Ferraz, 32’/2T), Paulo Miranda, Kannemann (Churín, 32’/2T) e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Maicon; Alisson (Guilherme Azevedo, 14’/2T), Thaciano (Jean Pyerre, 23’/1T) e Pepê (Ferreira, 14’/2T); Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho.

 

Com informações da Isto É e Lance

Previous post

Estádio Moisés Lucarelli

Next post

Proteção

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *