0
Shares
Pinterest Google+

O início da primeira fase de vacinação está previsto para 25 de janeiro e vai  até 28 de março

O secretário estadual de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, detalhou nesta quarta-feira (6) o Plano Estadual de Imunização (PEI) de São Paulo – Foto: Governo de SP

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Carlo Gorinchteyn, detalhou nesta quarta-feira (6) o Plano Estadual de Imunização (PEI) de São Paulo, que prevê a aplicação de 18 milhões de doses na primeira fase de vacinação da Coronavac, contra o novo coronavírus. Até o momento, já são cerca de 10,8 milhões de doses da vacina em solo brasileiro. O imunizante, entretanto, depende de liberação de uso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo o secretário, está mantida a previsão de início da primeira fase de vacinação em 25 de janeiro, que duraria até 28 de março. Neste momento serão contempladas duas doses, com intervalo de 21 dias, para os 7,5 milhões de pessoas com mais de 60 anos e 1,5 milhão de indígenas, quilombolas e profissionais da saúde. Segundo Gorinchteyn, 77% do óbitos da covid-19 estão neste grupo.

Ao todo, o governo paulista estima ter cerca de 5,2 mil postos de vacinação e estuda ampliar o número para 10 mil postos com a inclusão de escolas, quartéis da Polícia Militar, estações de trem e terminais de ônibus.

Com informações do Jornal O Estado de SP

Previous post

Oh, Minas Gerais

Next post

Cerca de 40% do Pantanal mato-grossense queimou em 2020

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *