Home»Pitaco do RCP»O discurso da Casa Dividida

O discurso da Casa Dividida

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

 

discurso da Casa Dividida foi proferido por Abraham Lincoln (que mais tarde viria a se tornar Presidente dos Estados Unidos) em 16 de junho de 1858, em Springfield, ao aceitar a indicação do Partido Republicano de Illinois para concorrer ao Senado. O discurso tornou-se a base de sua campanha contra Stephen A. Douglas, com quem debateu antes das eleições, e por quem foi ao final derrotado na disputa pelo senado. A preleção de Lincoln tornou-se uma duradoura imagem do perigo da desunião provocada pela escravidão, e serviu de comunhão para os republicanos dos estados nortistas. Junto aos discursos de Gettysburg e de sua segunda posse, formam suas três mais importantes e conhecidas preleções. O centro da fala de Lincoln, e que dá nome a ela, é uma citação do Novo Testamento, Livro de Mateus, 12:25, que reza “Todo reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda cidade ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá“. Ao falar que “uma casa dividida contra si mesma não pode permanecer” o político estava se referindo à divisão da nação norte-americana em estados libertários e escravocratas. Oito anos antes deste discurso, durante o debate no Senado sobre o Compromisso de 1850Sam Houston já havia proclamado: “Uma nação não pode ficar dividida contra si mesma“.

 

 

Post Anterior

Prêmio Nobel da Paz vai para um médico congolês e uma ativista yazidi

Próximo Post

Nobel da Economia de 2018 vai para os norte-americanos William Nordhaus e Paul Romer

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *