Home»Cotidiano»Cantareira completa dois meses em estado de alerta

Cantareira completa dois meses em estado de alerta

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

No último domingo (30), o reservatório registrava cerca de 33,6% da sua capacidade

Represa do Rio Atibainha, do Sistema Cantareira, em Nazaré Paulista – Foto: Renato César Pereira

Responsável por abastecer 7,5 milhões de pessoas diariamente, o Sistema Cantareira completa nesta segunda-feira (1) dois meses em estado de alerta. A informação é da Agência Nacional das Águas.
No último domingo (30), o reservatório, o maior da região metropolitana de São Paulo, registrava cerca de 33,6% da sua capacidade. No mesmo dia do ano passado, o índice era de 51,6%.
É considerado pelos órgãos reguladores como “estado de alerta” quando o reservatório se encontra abaixo dos 40%.
O conjunto de represas é o principal responsável pelo abastecimento da Grande São Paulo. Ele chegou a atender nove milhões de pessoas. Durante a crise hídrica no Estado, entre 2014 e 2015, o número foi reduzido.
Nesse período, o nível de água do reservatório caiu abaixo de zero, sendo necessário retirar água do volume morto.
Após a crise, foram feitas duas obras para melhorar o abastecimento: a interligação Jaguari-Atibainha, e a criação do Sistema São Lourenço.

 

Com informações do Jornal Destak SP

Post Anterior

‘Pais’ da imunoterapia contra o câncer ganham o Nobel de Medicina de 2018

Próximo Post

Colinha eleitoral para colaborar com os amigos

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *