Home»Cotidiano»Agências de notícias aplaudem avanços nos direitos autorais

Agências de notícias aplaudem avanços nos direitos autorais

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+
A Associação Europeia de Agências de Notícias (EANA) celebrou, nesta segunda-feira (7), a proposta de criação dentro da União Europeia (UE) de um ‘direito afim’, similar ao direito autoral, para que os gigantes da Internet remunerem os editores de jornais – AFP

A Associação Europeia de Agências de Notícias (EANA) celebrou, nesta segunda-feira (7), a proposta de criação dentro da União Europeia (UE) de um “direito afim”, similar ao direito autoral, para que os gigantes da Internet remunerem os editores de jornais.

Em um comunicado, a EANA aplaudiu a posição do responsável da comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu, Axel Voss, referente à revisão da norma sobre os direitos autorais na UE.

A instauração de um “direito afim” a favor dos editores de jornais e das agências faz parte das medidas contempladas nessas negociações, mas, após um ano e meio de discussões, os 28 não conseguiram chegar a um acordo.

Embora a Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu ainda deva se pronunciar sobre essa reforma, Voss se declarou favorável à criação desse direito e a que seja aplicado às agências de notícias, como confirmou a EANA.

“A contribuição financeira e organizacional dos editores e das agências de notícias na produção de informação deve ser reconhecida e estimulada para garantir a perenidade dos meios de comunicação e garantir a existência de notícias confiáveis”, indicou Voss em uma declaração à EANA.

Para a Associação Europeia de Agências de Notícias, essa proposta é um “avanço importante para a boa direção para preservar uma produção jornalística de qualidade”.

 

Com informações da AFP

Post Anterior

Abastecimento diário de água cai no País, mostra Pnad

Próximo Post

As orquídeas recuperadas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *